Tecnologia

Amazon enfrenta Microsoft e Google com serviço de e-mail corporativo

A Amazon lançará um serviço de e-mail corporativo e calendário digital para rivalizar com o Outlook e o Gmail, o Jornal de Wall Street informou quarta-feira.

O novo serviço, chamado WorkMail, é desenvolvido pela unidade de computação baseada em nuvem da Amazon, Amazon Web Services (AWS). A empresa planeja definir preços competitivos para o WorkMail com o Office 365 da Microsoft e os serviços de negócios do Google, que também incluem programas como processamento de texto e planilhas.

A Amazon não retornou imediatamente um pedido de comentário.

A mudança empurra a Amazon ainda mais para o mundo da tecnologia empresarial. A gigante do comércio eletrônico transformou seus serviços de computação em nuvem em uma parte importante de seus negócios. A AWS potencializa a tecnologia por trás de marcas de consumo proeminentes, incluindo Netflix, Pinterest e Airbnb, além de entidades governamentais, como NASA e CIA. A Amazon gerencia grandes quantidades de dados da empresa na vasta rede de servidores de computador da Amazon, liberando essas empresas para se concentrar em outras partes de sua tecnologia, como a forma como o usuário interage com seus sites ou aplicativos. A AWS também oferece recursos de trabalho remoto para corporações, o que permite que os funcionários sincronizem seus vários dispositivos.



Adicionar e-mail significa que a Amazon está expandindo seus serviços de negócios, uma área que a Microsoft domina. O Google também está tentando obter um pedaço do bolo, com as duas empresas fazendo movimentos muito públicos para atrair os usuários.

As empresas poderão usar o WorkMail da Amazon para executar no back-end de clientes de e-mail já existentes, como o Microsoft Outlook. Ele também oferecerá criptografia, que embaralha as mensagens à medida que viajam pela rede da Amazon para impedir hackers que possam querer interceptar os e-mails.