Tecnologia

BlackBerry defendendo a Internet das Coisas

LAS VEGAS - A BlackBerry quer entrar na Internet das Coisas, na qual toda e qualquer coisa se conecta à rede e conversa entre si.

 img5552.jpg

Sandeep Chennakeshu, presidente da unidade BlackBerry Technology Solutions da empresa, revelou planos para impulsionar a plataforma BlackBerry IoT. A empresa inicialmente buscará as indústrias automotiva e de rastreamento de ativos, mas Chennakeshu disse que a plataforma é flexível o suficiente para lidar com diferentes áreas.

O BlackBerry é o mais recente a falar sobre a Internet das Coisas, que tem sido um assunto quente na Consumer Electronics Show deste ano. A indústria de tecnologia vê a IoT como a próxima grande oportunidade, com bilhões de sensores embutidos em aparelhos, sistemas de segurança, monitores de saúde, fechaduras, carros e wearables. Todos esses sensores transformam objetos anteriormente 'burros' em objetos inteligentes capazes de se comunicar e coordenar uns com os outros. A empresa de análise Gartner prevê que o número de dispositivos em rede disparará de cerca de 5 bilhões em 2015 para 25 bilhões em 2020. A IDC estima que o mercado de IoT atingirá US$ 3,04 trilhões no mesmo ano.

A BlackBerry disse que está combinando a tecnologia de sua plataforma QNX, que alimenta sistemas em carros e aplicativos industriais, com sua rede segura, pela qual a empresa e seu serviço de mensagens são conhecidos há muito tempo.



'Nós possuímos todos os componentes de toda a cadeia', disse Chennakeshu.

Nos últimos meses, a BlackBerry divulgou a necessidade de aumentar a segurança à medida que mais dispositivos ficam online. Chennakeshu falou sobre a capacidade da plataforma de coletar dados, mantê-los privados e rastrear o dispositivo durante seu ciclo de vida, desde o desenvolvimento.

BBM e Android Wear
A BlackBerry também disse hoje que seu serviço de mensagens BBM oferecerá suporte a dispositivos Android Wear no início deste ano.

Os usuários do BBM poderão receber alertas em seus relógios Android Wear, ler mensagens do BBM, responder sem usar as mãos por meio do Google Now e aceitar convites do BBM.

A BlackBerry disse que tem 90 milhões de usuários mensais ativos no BBM, com 70% usando o serviço diariamente. Também adicionou mais de 140 milhões de registros de usuários de iPhone e Android.

'Estamos felizes com nossas realizações', disse Herman Li, chefe do BBM.