Tecnologia

Call of Duty faz primeira viagem à China com lançamento de beta público

A franquia de tiro em primeira pessoa Call of Duty estabeleceu todos os recordes de vendas que se pode imaginar para jogos. Mas apesar de todo o seu sucesso, Call of Duty esteve ausente do país mais populoso do mundo – até agora.

Call of Duty Online, uma versão free-to-play do jogo de tiro em primeira pessoa, foi lançado oficialmente na China em um beta público aberto, anunciou a editora Activision na segunda-feira. O jogo, projetado especificamente para a China, está sendo lançado em parceria com o conglomerado de internet Tencent Holdings, que tem sede no país.

O lançamento do Call of Duty Online marca a primeira vez que a popular franquia está amplamente disponível para os consumidores chineses. Embora a população de jogos na China tenha aumentado para centenas de milhões, a maioria das pessoas joga jogos desenvolvidos por empresas chinesas e outras empresas que operam principalmente fora dos EUA. Jogos desenvolvidos nos EUA, como Call of Duty, não estão disponíveis por lá.

Por vários anos, consoles de jogos tradicionais, como Xbox e PlayStation, foram proibidos na China. No ano passado, no entanto, a China anunciou que suspenderia a proibição e permitiria que os fabricantes de consoles lançassem seus dispositivos dentro de suas fronteiras com uma ressalva: os produtos precisavam ser distribuídos por uma empresa chinesa.



Pouco tempo depois, tanto a Sony quanto a Microsoft anunciaram que trariam seus consoles para a China. O Xbox One está atualmente disponível lá, mas a Sony foi forçada a adiar o lançamento do PlayStation 4 na semana passada . A Sony ainda não disse quando o PlayStation 4 será lançado na China.

Com a suspensão da proibição de consoles, as empresas americanas de jogos também flertaram com a ideia de lançar títulos na China. No ano passado, as estimativas colocaram a população de jogos da China em 300 milhões de pessoas e um terço delas estava interessada em jogos de tiro em primeira pessoa. Isso foi aparentemente suficiente para a Activision.

Como muitos jogos na China são gratuitos, talvez não seja surpresa que a Activision tenha adotado essa abordagem com o Call of Duty Online.

O título é um jogo completo de Call of Duty que leva aspectos de jogos populares da franquia, Modern Warfare e Black Ops. O jogo inclui uma campanha para um jogador, modo de sobrevivência para jogo cooperativo e multiplayer online completo. Para ganhar algum dinheiro com o lançamento, a Activision e a Tencent estão permitindo que os jogadores comprem ou aluguem itens no jogo.

A Activision não disse quando o jogo será retirado do beta aberto público e lançado oficialmente. A empresa não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.