Cultura

Katie Couric e Bryant Gumbel ainda não sabem nada sobre tecnologia

Tecnicamente Incorreto oferece uma visão ligeiramente distorcida da tecnologia que tomou conta de nossas vidas.


 gumic.jpg

Oh, somos todos tão espertos agora, não somos?

Não somos trapalhões com nossos Tumblrs. Passamos a conversar com os melhores deles.

Era uma vez, porém, nós éramos idiotas de tecnologia. Só não vamos admitir. Ao contrário dos famosos apresentadores de TV Bryant Gumbel e Katie Couric.



Em um novo anúncio do Super Bowl para o BMW i3 , eles se lembram de 1994, quando não tinham ideia do que era um endereço de e-mail. O que era aquele pequeno sinal de @? Será que significava 'em?' Couric achou que significava 'sobre'.

Gumbel, porém, ofereceu a citação clássica: 'O que é Internet afinal?'

Ele não deveria ter se preocupado. Eric Schmidt diz em breve será invisível aos olhos, apenas magicamente flutuando na atmosfera e enterrado dentro de nossos cérebros.

window.CnetFunctions.logWithLabel('%c One Trust ', 'IFrame carregado: iframe_shortcode com classe optanon-category-C0004');

De forma refrescante, porém, neste anúncio, a dupla dinamicamente clássica ainda afirma não saber nada sobre tecnologia.

Eles se perguntam como não pode haver nada sob o capô do novo carro elétrico da BMW. E o que é o i3 afinal?

Couric recorre à mesma solução tecnológica que empregou em 1994 para aprender sobre essa coisa da Internet. Ela chama sua assistente, a efêmera Alison.

Ela nunca ouviu falar de Siri?

Há certamente uma percepção de que os carros elétricos são comprados pelas mesmas pessoas que têm 'Quem é seu fazendeiro?' adesivos em seus Prius envelhecidos. Eles são os jovens, um pouco arrogantes que estão desesperados para salvar o mundo cultivando suas próprias leguminosas.

Mais tecnicamente incorreto

  • Bill Nye diz que Belichick está cheio de ar quente (outros cientistas discordam)
  • Adolescente é preso após supostas ameaças com emojis no Facebook
  • A Internet vai desaparecer, diz Eric Schmidt, do Google

São eles que se orgulham do papel higiênico reciclado e do cereal matinal Kale Flakes.

Aqui, porém, a BMW parece ser atraente para aqueles para quem Couric e Gumbel eram ícones.

Sim, as pessoas mais velhas que destruíram o planeta, se empanturraram de drogas e dinheiro e agora vivem no esplendor da aposentadoria, enquanto os millennials pagam por seus cuidados de saúde.

O BMW i3. Um prazer para os culpados.