Cultura

Mãe denuncia filho à polícia como suposto ladrão de PlayStation

Tecnicamente Incorreto oferece uma visão ligeiramente distorcida da tecnologia que tomou conta de nossas vidas.


 tentativa de identificação.jpg

Mamães, não deixem seus bebês crescerem e se tornarem vaqueiros. Ou ladrões de lojas. Ou, você sabe, apenas criminosos em geral.

Às vezes, porém, isso não funciona, e as mamães não podem fazer nada além de ensinar aos filhos as lições mais difíceis.

Isso parece ter acontecido em Casselberry, na Flórida.



A Target local foi alvo de um ladrão que supostamente roubou US$ 670 em controles de PlayStation e Xbox. A Target, porém, tem câmeras de vigilância. Então a polícia local colocou um par de tiros de seu suspeito em seus página do Facebook .

As imagens pareciam bastante distintas. E como relatórios da WESH-TV , houve uma reviravolta familiar. Pois uma mulher que caiu nesta página do Facebook foi derrubada ao ver que o suposto ladrão era seu filho.

Sargento Chris Pamatian disse ao WESH: 'Ela está em casa em nossa página do Facebook e se depara com este boletim de que estamos tentando identificar um ladrão, e eis que é o filho dela'.

Mais tecnicamente incorreto

  • CEO da Microsoft espera que caneta seja extinta em uma década
  • Uma segunda cliente da Comcast diz que foi submetida a um apelido desagradável
  • Homem compra MacBook no eBay por US$ 450 e consegue apenas uma foto dele

Pamatian disse que a mulher estava tão chateada que invadiu o quarto de seu filho de 18 anos à 1h da manhã e ofereceu a ele o devido processo.

Seu filho foi mais tarde preso lá em casa. Ele supostamente já havia vendido alguns dos controladores.

Para muitos, é claro, a mãe do suposto ladrão fez uma coisa corajosa e boa. Ela não tentou encobrir nada.

Não posso deixar de me perguntar, porém, se ela já suspeitava de algo sobre seu filho. Quantas mães da Flórida visitam a página da polícia local no Facebook à 1 da manhã?