Tecnologia

Palm está de volta! TCL para 'recriar' a marca

LAS VEGAS - O nome Palm, que já foi líder no mundo dos smartphones, ganha outra chance de vida graças à empresa chinesa de eletrônicos de consumo TCL.

 old-palm-logo.jpg

A TCL disse na terça-feira que adquiriu os direitos do nome Palm e 'recriaria' uma nova empresa sediada no Vale do Silício. A empresa acrescentou que usaria informações da base de fãs da Palm, divulgando que seria o maior projeto de crowdsourcing do setor.

A TCL tem tentado construir sua marca e reconhecimento nos EUA. A empresa é amplamente conhecida por vender televisores de baixo custo, mas também possui uma divisão de dispositivos móveis, que usa o nome Alcatel OneTouch. Ao utilizar o nome Palm, que tem uma longa história no mundo móvel com os handhelds Treo e Pilot originais, e mais tarde o Pre com WebOS, a TCL está tentando causar impacto.

O acordo da TCL segue a aquisição muito mais vistosa da Lenovo de outra famosa empresa de telefonia móvel, a Motorola, como uma forma de entrar em mercados mais desenvolvidos como os EUA. A Palm, no entanto, era uma marca inativa enquanto a Motorola ainda vendia telefones antes do acordo. Ainda assim, pode haver algum fator de nostalgia que possa ajudar no perfil do TCL.



'A Palm sempre carregou muitos afetos e emoções', disse a empresa em comunicado.

A empresa disse que forneceria mais detalhes e um cronograma do projeto em uma data posterior.

A TCL adquiriu o nome da Hewlett-Packard, que adquiriu a Palm em 2010 com a grande visão de utilizar seu sistema operacional móvel WebOS em muitos produtos. A HP acabou por desactivar as suas ambições móveis de consumo.

O TCL provavelmente não usará o WebOS. Em 2013, LG comprou a plataforma WebOS , que agora alimenta seus televisores inteligentes.

A TCL pretende usar o nome Palm para smartphones, mas não está claro como a empresa fará malabarismos com o nome Palm com o Alcatel OneTouch, que está fazendo seu próprio esforço para aumentar sua visibilidade nos EUA.