Tecnologia

Reavivamento de 'Community' do Yahoo estreia em 17 de março

  464367627.jpg

A aula no Greendale Community College em breve estará de volta às aulas.

A sexta temporada de 'Community', uma comédia cult que foi ao ar originalmente na NBC, pré estreia na tela do Yahoo em 17 de março.

A estreia do programa é um passo significativo para o Yahoo, que tenta fortalecer suas ofertas de mídia digital. A empresa sediada em Sunnyvale, na Califórnia, vem tentando atrair anunciantes premium para suas propriedades na Web, que também incluem o Yahoo Sports e o Yahoo Finance.

É uma das várias empresas digitais no ramo de criação de seu próprio conteúdo, incluindo Netflix, Amazon e Hulu. Ao contrário de serviços de assinatura como o Netflix, que lançam uma temporada inteira de episódios de uma só vez, o Yahoo lançará um novo episódio de 'Community' online toda terça-feira.



O lançamento de 'Community' é apenas o exemplo mais recente do relacionamento cada vez mais complicado do Vale do Silício com Hollywood. Outras empresas de tecnologia, como Netflix e Amazon, fizeram grandes investimentos em conteúdo original para transmitir pela Internet em vez de transmiti-lo na televisão. O objetivo em cada caso foi criar programas que atraiam novos assinantes para seus respectivos serviços.

Isso funcionou para a Netflix, que disse que agora conta com mais de 53 milhões de assinantes em todo o mundo. Algumas dessas pessoas vinham assistir a programas exclusivos da empresa, como o thriller político e a comédia de prisão 'Orange is the New Black'. A Amazon também começou a ver algum sucesso, sendo aclamada por seu programa de comédia 'Transparent' sobre uma mulher transgênero. Tanto a Amazon quanto a Netflix ganharam o Globo de Ouro no domingo.

Na terça-feira, a Amazon disse que cineasta assinado Woody Allen para criar sua primeira série de televisão.

Histórias relacionadas

  • Woody Allen assina contrato com a Amazon para escrever e dirigir sua primeira série de TV
  • Amazon monta 'Transparent' para a vitória no Globo de Ouro
  • Com 'Marco Polo', a Netflix pode ganhar um 'Game of Thrones'?
  • Yahoo joga com investidores um osso na receita do terceiro trimestre
  • Flickr do Yahoo está tentando mudar sua imagem

As empresas de tecnologia têm boas razões para se concentrar no vídeo online. Em 2018, o tráfego de vídeo será responsável por 84% do tráfego da Internet, de acordo com um relatório lançado em junho pela fabricante de equipamentos de rede Cisco Systems. Esse número inclui conteúdo de sites de vídeo sob demanda, como Netflix e Hulu, além de sites como o YouTube, do Google.

O Yahoo está tentando lucrar com um vídeo próprio. A CEO Marissa Mayer disse que o vídeo online será uma das chaves para o sucesso do Yahoo enquanto ela trabalha para transformar a empresa. Em abril, o Yahoo anunciou duas outras séries originais, incluindo uma de Paul Feig, criador do cult favorito 'Freaks and Geeks'. O Yahoo também lançou em junho uma parceria com a empresa de eventos ao vivo Live Nation para transmitir um show por dia durante todo o ano. Até agora, o Yahoo não detalhou a receita de publicidade especificamente relacionada ao vídeo online.

O show 'Community' segue um bando de desajustados em uma faculdade comunitária, com um elenco que inclui Joel McHale e Alison Brie.

'É o melhor show de todos visto em qualquer coisa. Eu não vou dizer 'televisão', porque não é na televisão', disse McHale, em uma ironia vídeo anunciando a data de estreia. 'Sabe por quê? É melhor que televisão.'

Com a próxima estreia do programa, o Yahoo está explorando uma série muito amada com uma base de fãs já grande. A Netflix tentou uma estratégia semelhante em 2013, quando ressuscitou o popular 'Arrested Development', sete anos após o cancelamento da comédia. O lançamento em maio de 2013 criou um grande burburinho quando os fãs assistiram a episódios durante o fim de semana do Memorial Day nos Estados Unidos.

Depois que a NBC cancelou 'Community', os fãs clamaram por um cavaleiro branco para intervir, levando ao Twitter a hashtag #sixseasonsandamovie. Em março, eles verão pelo menos parte da hashtag se concretizar.