Tecnologia

Verizon abandona ativos de telefonia fixa e torres de celular por US$ 15,5 bilhões

A Verizon está dando adeus a vários ativos importantes à medida que estreita seu foco.

O maior provedor sem fio do país disse na quinta-feira que concordou em vender suas operações locais de telefonia fixa na Califórnia, Flórida e Texas para a Frontier Communications por US$ 10,54 bilhões. A Verizon também concordou em arrendar os direitos de 11.300 torres de celular de propriedade da empresa e vender mais 165 para a American Tower em um acordo separado no valor de US$ 5 bilhões.

Como resultado das transações, a Verizon também disse que iniciaria um novo programa de recompra de ações de US$ 5 bilhões.

Os acordos ressaltam a importância do negócio sem fio da Verizon, que gera mais de 70% da receita da empresa. Em um momento em que concorrentes menores, como T-Mobile e Sprint, estão atacando seus clientes, a Verizon precisa manter sua atenção diretamente no negócio móvel. Os US$ 15,54 bilhões também serão úteis depois que a empresa licitar US$ 10,4 bilhões em espectro no mais recente leilão do governo.



A Verizon disse que usará os recursos do acordo da torre para reduzir seu empréstimo a prazo, o que está ajudando a financiar a compra do espectro. Os rendimentos da rede fixa irão para a redução da dívida.

Verizon e Frontier são antigas parceiras de dança. A Frontier comprou 4,5 milhões de telefones fixos da Verizon em 2009. A transação de quinta-feira, que consiste em US$ 9,9 bilhões em dinheiro e US$ 600 milhões em dívida assumida, deve ser concluída no primeiro semestre do próximo ano. A Verizon disse que 11.000 funcionários passarão para a Frontier assim que a venda for concluída.

“A Frontier tem um histórico sólido de integrações bem-sucedidas e damos as boas-vindas aos novos funcionários que nos ajudarão a implementar nosso modelo de envolvimento local nesses mercados”, disse Maggie Wilderotter, CEO da Frontier, em comunicado.

Após a venda desses ativos, os negócios de telefonia fixa da Verizon estarão localizados apenas na Costa Leste, centralizados em sua sede em Nova York. Os ativos que a Frontier irá adquirir incluem 3,7 milhões de clientes de voz, 2,2 milhões de clientes de DSL, 1,6 milhão de clientes de Internet Fios e 1,2 milhão de clientes de vídeo Fios.

A Verizon mantém as operações de telefonia fixa que ainda atendem 16,1 milhões de conexões de voz fixa, 7 milhões de clientes DSL, 5,1 milhões de clientes de Internet Fios e 4,5 milhões de clientes de vídeo Fios.

A American Tower, que é a segunda maior administradora de torres de celular do país, terá o direito de gerenciar as torres e fechar acordos com outras operadoras, potencialmente melhorando a cobertura para seus concorrentes. A Verizon continuará a ter seus rádios na torre e disse que terá acesso a capacidade de reserva adicional nas torres para uso futuro.

A Verizon espera fechar o acordo com a American Tower até o meio do ano.